Bem-vindo ao pense. O que há de novo?

#Anderson Lopes 1

O Novo

  A um passo do novo Novo-ano-tudo-novo Nova vida Nova idade Novas saudades Nova identidade 10 segundos para o novo Novos dias Novos mundos Novos muros para saltar 7 ondas para pular 12 meses para polir As pedras que trazemos...

Imagem da Web 1

Regresso

Já foi recta, a linha, até que a curva ganhou a batalha. Já foi fria, a vida, e o calor derreteu o gelo que havia no peito. Já foi doce, o olhar. Mas o sol veio preencher os espaços deixados...

luz_do_tunel 1

Sobre a literatura fantástica

Com um “Dever de casa” para fazer, vi-me em situação difícil. Esclareço. Neste dever, a professora não me pede para escrever um texto literário, não. Nele, devo emitir minha opinião sobre a linguagem e o conteúdo dos contos de Murilo...

insensibilidade humana 1

Da insensibilidade humana

Dado que o Natal é o moderno ritual de celebração da vida por excelência, em que os matadouros trabalham mais do que em qualquer outra época do ano, esse texto vem a título de um sermão, escrito por alguém que...

10847801_1021356094545145_1110770132485952900_n 2

O Caçador de Mosquitos (Episódio I)

- Me passa o Raid 3 oitão! Me pediu com toda a pôse de macho Seu Blade faminto. O churrasco já estava no cheiro, chamando os colegas. De repente as verejeiras! – Se mantenha na trincheira! Me passa o Raid...

Ceifa 5

Ceifa

Como é possível morrer E seguir vivendo? Doem-me as batidas Do coração Agora obumbrado. O ar nos pulmões Condena-me a vida. Num labirinto anuviado, Bebo de minhas lágrimas, Para que findem Tão pronto com O que sou. Ouvi dizer por...